10 Erros frequentemente cometidos por investidores iniciantes

Tempo de leitura: 7 minutos

10 erros frequentemente cometidos por investidores iniciantes


Se tem algo que acontece quando começamos a fazer coisas novas é, inevitavelmente, errar. O Erro é algo inerente ao processo de aprendizado, e com os investimentos não vai ser diferente. Por mais que você seja experiente, também errará.

Quando estamos começando a atuar ou exercer novas funções na vida, sempre existirão pontos cegos, cosias que não sabemos que não sabemos e que atrapalharão nosso resultado final. É algo normal isso acontecer e pensando nesse fato, resolvi escrever sobre 10 possíveis erros que você pode cometer, seja iniciante ou até mais experiente.

E sim, eu já passei por todos eles abaixo.


1º Erro – Julgar o Processo de desenvolvimento de Mindset como algo fútil

Como o próprio nome já diz, Mindset significa você programar sua mente. Este é um dos 3 principais pilares (e dos 3 pilares, é o mais importante) que trabalhamos aqui na Academia Financeira. Para ir a algum lugar é preciso saber onde quer chegar e só é possível através do Autoconhecimento.

10 erros frequentemente cometidos por investidores iniciantes

Além disso, é preciso ter o conhecimento sobre sua aversão ao risco, para que consiga adaptar de maneira mais satisfatória sues investimentos, evitando dores de cabeça com possíveis (e inevitáveis) flutuações do mercado.

Para manter a linha nessa jornada em busca da liberdade financeira, que pode (e deve) durar muitos anos, você precisa apagar maus hábitos e programar outros novos e bons hábitos financeiros. Tudo isso, só é possível com a compreensão deste importante pilar, o Mindset.


2º Erro – Começar a investir com dívidas

O segundo dos 3 pilares essenciais propostos por nós, da Academia Financeira. É extremamente importante entender que não adianta começar a investir se você tem uma dívida que irá corroer todo o seu patrimônio.

10 erros frequentemente cometidos por investidores iniciantes

Digo isso, porque no Brasil de hoje, o 2 dos principais vilões das dívidas são o cartão de crédito e o cheque especial. E ambos, respectivamente, cobram juros médios de 397,4% ao ano e 317,3% ao ano, segundo dados do Banco Central.

Simplesmente não há investimentos que garantam um retorno com essa magnitude, infelizmente. Então de nada adianta você investir visando 15% ao ano, quando há um rolo compressor de juros compostos contra você.

Antes de começar a investir, negocie e quite suas dívidas!


3º Erro – Não saber o que é Juro Real e Juro Nominal

Isso é extremamente importante e muitos investidores experientes deixam passar despercebidos. Basicamente e de maneira simples, Juros Nominais são aqueles expressos quando você contrata algum tipo de investimento, por exemplo, quando você faz um Plano de Previdência Privada e o gerente lhe diz que você ganhará 12% de rentabilidade média anual. Esta porcentagem é o se chama de Juro Nominal.

Por outro lado, de forma implícita ao ganho do exemplo acima (12% ao ano), para realizar uma Previdência Privada, você terá que levar em consideração a incidência inflacionária e também todos os custos de taxas cobradas. É preciso retirar tudo isso dos 12% para saber quanto realmente você irá ter de lucro, ou seja, quanto ganhará de Juro Real.


4º Erro – Não saber o que a inflação causa em suas economias

A incidência inflacionária é de importância fundamental, afinal é ela que diz o quanto realmente você conquistou de poder de compra e se o investimento está sendo rentável de fato ou não.

10 erros frequentemente cometidos por investidores iniciantes

Um ótimo exemplo para isso foi o ano de 2015, quando tivemos a poupança rendendo de 8,15%, porém como a inflação daquele ano foi de 10,67%, a caderneta de poupança acabou tendo um rendimento Real negativo. Ou seja, você teria perdido (ou perdeu) dinheiro.


5º Erro – Deixar o Dinheiro na poupança

Pegando carona no erro anterior, quando deixamos o dinheiro na poupança, nós temos a grande chance de ter um rendimento real pífio, quando ele não é negativo!

Ou seja, #poupançanãoéinvestimento. O custo de oportunidade (dinheiro que você deixa de ganhar) por manter o seu dinheiro na poupança é muito grande e existem investimentos fáceis, mais seguros e líquidos que você pode optar em detrimento da poupança.


6º Erro – Não se ater aos custos na hora de investir

É fundamental você observar os custos na hora que vai investir, afinal, eles reduzem a margem de lucro, concorda?

Então, tenha sempre em mente as taxas cobradas para investir em determinadas modalidades. Taxas de carregamento, taxa de administração, taxa de retirara, corretagem, emolumentos. Cada forma de investimento tem suas taxas a serem cobradas.

Outra taxa cobrada, quando você usa corretora de valores (melhor usá-las do que os Bancos, uma vez que eles cobram taxas maiores), é o custo do TED ou DOC para transferir o seu dinheiro para a corretora. Você pode minimizar esse custo, negociando com o gerente algumas transferências por TED/DOC gratuitas por mês, ou abrindo contas em bancos que possuem contas digitais, como Banco Inter, Social Bank e agora o Nubank, por exemplo.


7º Erro – Deixar o medo paralisar

É natural, quando estamos começando algo novo, sentirmos medo. Mais que natural, é importante cultivar o medo! Afinal, o medo nos deixa vivo e quando falamos de dinheiro, o medo não nos deixa falir.

Porém, você deve controlar o medo através da busca por conhecimento, sabendo sua tolerância ao risco e investir justamente porque tem medo! Afinal, provavelmente você tem medo de depender do Governo para sua aposentadoria, ou quando chegar à melhor idade, depender dos outros. Não esqueça, o seu futuro será feito de acordo com suas tomadas de decisões no presente!


8º Erro – Não se pagar primeiro

Vejo muita gente que diz por aí essa famosa frase do mundo da educação financeira. Todo mundo conhece ou, pelo menos, tem noção do que seja se pagar primeiro. Basicamente, ao receber sua renda mensal, reserve uma porcentagem para “se pagar”, ou comprar ativos que lhe gerarão acréscimos em sua renda no futuro.

Mas fica a pergunta, quantas pessoas você realmente conhece que faz isso?

O mau hábito financeiro normal é pagar tudo e todos, trabalhar para seus três patrões enriquecendo-os, caso os tenha (Governo com os impostos, chefe do trabalho e os banqueiros como os financiamentos), para só depois, SE e somente SE sobrar dinheiro, a pessoa pagar a si próprio.


9º Erro – Seguir a dica quente do momento (gerente e corretor)

Muito comum quando ainda não se tem experiência é buscar a sacada de alguém, em teoria, mais experiente. Mas cuidado, existem muitas variáveis no processo. Corretores que trabalham em corretoras de valores, podem ter influência de empresa que paga para ser indicada.

Já o gerente de banco, é influenciado diretamente por seus superiores sendo cobrado por resultados. E quando falo isso, é o quanto de planos de previdência, consórcios, etc. eles venderam.

Ou seja, nem sempre (quase nunca) eles vão te oferecer algo que seja realmente relevante para seus objetivos financeiros!


10º Erro – Olhar diariamente os investimentos

Para fechar, o décimo erro é aquele que pode tirar sua saúde mental, além de lhe deixar propenso a agir com a emoção e não com a razão.

Não é preciso você ficar bitolado a olhar diariamente os resultados de seus investimentos! Isso não vai lhe trazer saúde nem qualidade de vida. Busque investir de maneira menos ativa, alocando de maneira correta seu patrimônio e com o foco no logo prazo. Deixe para olhar sua carteira de 3 em 3 meses, 6 em 6 ou apenas anualmente.


Agora você á tem a noção de erros que muita gente comete, e a melhor forma de aprende é com os erros dos outros, porque dessa forma você evita perder dinheiro.

Não deixe para transformar sua vida depois, amanhã, frequentemente é nunca.

Quer receber conteúdos exclusivos? Então clica AQUI e se inscreve na nossa lista VIP!

Abração!


Para nos acompanhar melhor e mais de perto, se inscreva no topo de nossa página principal ou por aqui.

Nos siga também no

Facebook - ACADEMIA FINANCEIRAInstagram - ACADEMIA FINANCEIRAYoutube - ACADEMIA FINANCEIRATwitter - ACADEMIA FINANCEIRA

Uma ótima semana para todos e até a próxima !!



críticas - FINANCIAL ACADEMY

3 Comentários

  1. YASMIM NASCIMENTO

    nossa… adorei o artigo.
    muito obrigada pela oportunidade de aderir mais conhecimentos.
    vocês estão de PARABÉNS!

    Responder
  2. Glauber

    Parabéns pelo artigo, dicas ótimas para mim que estou me reeducando financeiramente. Neste artigo pude abrir minha mente e tirar algumas dúvidas, agradeço as vocês por errarem por mim hahaha. Desejo sucesso e ótimos investimentos a todos da academia.

    Forte Abraço!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *