Mercado está aquecido: Acelerar ou Frear?

Tempo de leitura: 5 minutos

Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?


Vamos imaginar juntos o seguinte cenário…

  • Crescimento da economia mundial acima das expectativas,
  • inflação aquém das metas dos principais bancos centrais do mundo,
  • liquidez sem precedentes fomentada por juros baixos e impressão de papel moeda (pelos próprios bancos centrais).
  • Acrescente também a ausência de previsão de alteração, ao menos no curto prazo.

É exatamente isso que está acontecendo no mundo hoje. E sabe o que isso quer dizer?

Estamos num cenário mundial muito favorável a ativos financeiros de risco. O bom da história toda é que, querendo ou não, de todo este processo, há desdobramentos para os mercados emergentes. Principalmente aqueles países emergentes que ficaram para trás da farra, por conta de suas mazelas particulares.

Esta última frase te faz lembrar de um país de um povo heroico dono de um brado retumbante? Se sim, não pense que está errado.

Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?

E sim, num ambiente como esse que montamos, até alguns possíveis riscos, como desequilíbrios na China ou piora das tensões geopolíticas, acabam por não receber a atenção devida. A isso damos o nome de complacência com os fatores de risco, ou seja, investidores estão tão voltados buscar rentabilidades mundo afora que não estão se deixando levar por estas.

Já que falamos em Brasil, podemos exaltar alguns fatores internos que ajudam no processo. Domamos, ao menos por enquanto, o dragão inflacionário, as atividades estão surpreendendo positivamente e temos expectativas de crescimento já para esse ano com algo próximo a 1%. Já é alguma coisa.

Num cenário desse, a taxa Selic pode cair para muito abaixo de 7%, sem precisar subir rapidamente em 2018. Tudo isso fomenta a ideia de Bull Market, ou seja, um ciclo de crescimento forte e, geralmente, duradouro dos ativos.

Por outro lado, quero que você não saia do texto correndo para transferir suas economias para a conta da corretora e saia comprando loucamente ações de empresas quaisquer. Longe disso.

Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?

Como disse acima, estamos num estado de complacência com os riscos. E eles… aahhh eles existem. Se tem uma coisa que aprendi bem com os livros de Nassim Taleb, e principalmente na prática dos investimentos, é que não dá para prever o futuro, ele é e sempre será opaco, impermeável e imprevisível.

Então, por mais que tudo vá bem, de maneira repentina, pode acontecer algo imprevisto, impactante, forte e que pode mudar o rumo da sua vida.

“Tu começaste o texto mostrando um mundo maravilhoso para o mercado de ações e me vem agora com todo esse papo “tragedista”? É incoerência?

Não, nem pessimismo! Quero te mostrar que sim, você pode ter bons lucros, ainda mais agora com o rumo econômico nacional e mundial. Porém, você DEVE evitar a complacência com a possibilidade dos riscos!

A qualquer momento um simples “áudio” pode melar ainda mais a política nacional, uma guerra pode eclodir, um tsunami pode acontecer… são incontáveis as formas de aparecimento do que Nassim Taleb chama de Cisnes Negros, incluindo as formas que não sabemos que não sabemos, ou seja, que não temos a menor ideia de que pode acontecer, mesmo por que podem nunca ter acontecido na história.

Por exemplo: O próprio tornado Harvey, que assolou os Estados Unidos, antes mesmo do Irma, inundou a capital do Texas. Até aí ninguém “aqui em baixo” se preocupou muito. “Está acontecendo lá, e não aqui.” mas esquece que este evento teve consequências, não físicas, mas financeiras no cidadão brasileiro também. Uma das grandes refinarias de petróleo do mundo se encontrava em Houston e, com a inundação de seu complexo, as atividades foram suspensas. Isto fez com que o preço dos combustíveis derivados se elevassem 4,2% (fonte). 

Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?

Isto posto, quero que você aproveite a oportunidade que se apresenta no mercado de ações, mesmo já com um pouco de defasagem por já estarmos acima dos 75 mil pontos! (Sim acho que podemos subir ainda mais, expliquei os pontos no texto da semana passada, clique aqui).

Mas quero que você não se deixe levar pelo efeito manada! É natural, instintivo do ser humano, ver a multidão indo para o mesmo lugar e seguir sem saber o que há ao final da jornada, sem saber o porquê e o processo para investir.

Isso se torna ainda mais gritante agora que William Bonner, em pleno Jornal Nacional, falou que a bolsa de valores está gerando ótimos retornos. Sim a mídia é uma das maiores instigadoras deste efeito manada, muitos desavisados podem, por conta de um enunciado desse, sair correndo para comprar uma ação sem estar preparada para tal.

Mercado está aquecido mas com riscos: Acelerar ou Frear?

Mas como conseguir se proteger?

Repetirei ad nauseum:

  • Nunca invista a totalidade de seu patrimônio no mercado de renda variável, se ele vier a ruir, você irá junto.
  • Sempre tenha ao menos 50% de suas economias investidas em renda fixa, ressalto que poupança não conta (não é investimento)!
  • Busque investir em ouro e dólar, pode ser através de fundos de investimento que replicam esses índices e você pode encontrá-los no site de sua corretora de valores.

Dessa forma, você já pode ter uma segurança maior e dormir tranquilo enquanto seu dinheiro está rendendo bem para você.

Não sabe como investir no mercado financeiro? Sabe mas está inseguro? Quer aprofundar?

Manda um e-mail para contato@academiafinanceirabrasil.com e receba um e-book gratuito sobre esse assunto!

Abração!


Para nos acompanhar melhor e mais de perto, se inscreva no topo de nossa página principal ou por aqui.

Nos siga também no

Facebook - FINANCIAL ACADEMYInstagram - FINANCIAL ACADEMYYoutube - FINANCIAL ACADEMYTwitter - FINANCIAL ACADEMY

Uma ótima semana para todos e até a próxima !!


críticas - FINANCIAL ACADEMY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *